Para Começar

Neste texto vamos mostrar uma breve definição de RPA e BPM, salientando as principais diferenças, para tentar desmistificar um pouco esses processos e ver como os dois podem trabalhar juntos.

O que é RPA? Robotic Process Automation é uma tecnologia que permite que os funcionários foquem em atividades de maior prioridade, empurrando tarefas rotineiras e monótonas para um software (robô) desempenhar. Esses robôs trabalham diretamente por interface de aplicações, inserindo dados automaticamente, gerando atividades em diversos sistemas, agindo em nome de um funcionário. Como uma ferramente de negócios amigável, que envolve pouca ou nenhuma programação, a tecnologia de RPA fornece autonomia a profissionais não técnicos na configuração dos robôs para que eles resolvam por si mesmo os desafios de automação.

O que é BPM? Business Process Management é uma abordagem estratégica que se concentra em remodelar os processos de negócios existentes em uma organização para alcançar maior eficiência e produtividade. O software BPM é a espinha dorsal, que facilita a realização dos projetos de uma organização, oferecendo uma variedade de ferramentas para ajudar a melhorar e agilizar a forma como os processos de negócios são executados. Os componentes do software de BPM podem incluir análises de negócios, motor de workflow, regras de negócio, formulário web e ferramentas colaborativas. Frequentemente, em projetos de larga escala, iniciativas de melhorias de processo podem impactar a tecnologia da organização, os funcionários e os clientes, trazendo retornos significativos nessa transformação.

BPM e RPA como uma abordagem combinada

Apesar das diferenças, as duas abordagens têm objetivos semelhantes: melhorar produtividade e eficiência. Por isso, BPM e RPA não são abordagens concorrentes, pelo contrário elas trabalham melhor juntas, em total harmonia. RPA pode ser uma ferramenta valiosa para fomentar ganhos adquiridos com o tradicional sistema de BPM.

Em muitos casos, uma organização nem sempre tem recursos e tempo disponível para implementar um processo completamente automatizado e integrado, ou ter um processo que não requer envolvimento humano.

Implementar RPA e BPM juntos (de forma integrada) pode resultar em uma melhor automação de processo e alcançar o que uma tecnologia sozinha não seria capaz de atingir.

Referência: https://www.laserfiche.com/ecmblog/what-is-the-difference-between-robotic-process-automation-rpa-bpm/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.